Futuro dos bancos públicos vai a debate no Recife | Portal

Notícias da Fenae

Futuro dos bancos públicos vai a debate no Recife

A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae) promove nesta terça-feira (19), em Recife (PE), o debate “Bancos públicos sob ataque: desafios, riscos e perspectivas”, no Sindicato dos Bancários de Pernambuco, a partir das 19h. O evento é aberto ao público e será transmitido ao vivo nas redes sociais.

Participam do encontro: Jair Pedro Ferreira, presidente da Fenae; Luiz Gonzaga Belluzo, professor da Unicamp; Xico Sá, escritor e jornalista; e Liana Cirne Lins, professora de Direito da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Em pauta, os desafios dos bancos públicos diante de um cenário político marcado por instabilidade econômica e avanço das privatizações.

Por ter papel fundamental no desenvolvimento econômico e social do país, a Caixa Econômica Federal será um dos principais focos dos debates em Pernambuco. O banco é fator relevante na economia local. Levantamento sobre os financiamentos imobiliários em Pernambuco, em 2018, mostra que os bancos públicos foram responsáveis por 100% do crédito ofertado (R$ 16,14 bilhões), sendo 88% das operações realizadas pela Caixa. Já em relação ao financiamento agrícola, os bancos públicos são responsáveis por 96% de todo crédito disponibilizado em Pernambuco.

“O papel do Estado é ajudar nesse desenvolvimento e permitir que os brasileiros, independentemente da região onde morem, possam ter acesso à riqueza do país, contribuir com esse crescimento e ser beneficiário das políticas que já existem nas regiões mais ricas”, afirma Jair Ferreira. “A Caixa, que tem capilaridade e está presente em praticamente todos os municípios, é uma grande ferramenta de que dispõe o Estado brasileiro”, avalia.

Hoje, 17 instituições financeiras atuam em Pernambuco, sendo apenas quatro delas públicas: Caixa, Banco do Brasil, BNB e Banrisul. No entanto, das 573 agências em funcionamento no estado, 290 (51%) são dos bancos públicos. O levantamento também mostra que, apenas no passado, passaram pela Caixa nada menos que 332 dos 444 instrumentos relativos a convênios firmados entre o Executivo Federal e Governo Estadual, prefeituras e organizações da sociedade civil (OSC) dos municípios de Pernambuco (75%). Mais da metade desses convênios referem‐se a obras espalhadas por todo estado. "Uma empresa pública não deixa de executar uma obra por ela não ser lucrativa. Como precificar o benefício de uma obra de saneamento para comunidade?", questiona Jair Ferreira.

Em relação ao programa Bolsa Família, a Caixa está presente em todos os municípios pernambucanos. Nesse segmento, segundo dados do Ministério da Cidadania (antigo Ministério do Desenvolvimento Social), chega a 1,1 milhão o número de famílias beneficiadas, com valor transferido de R$ 215 milhões aos beneficiários. O programa pagou por família o valor médio de R$ 182,71.

“Os ataques à Caixa Econômica Federal e a outras empresas públicas se intensificam a cada dia. Por isso, o momento é de resistência em defesa do patrimônio de todos os brasileiros. Trabalhadores e sociedade precisam participar de debates como esse e estar juntos na mobilização em prol da importância do Estado”, afirma Ferreira.

O evento faz parte da série Diálogos Capitais, uma parceria com a Carta Capital, e ocorrerá na sede do Seeb/PE, na Avenida Manoel Borba, 564, Boa Vista. Entre 2018 e 2019, foram realizadas discussões em oito cidades: São Paulo (SP), Belo Horizonte (MG), Teresina (PI), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Natal (RN), São Luís (MA) e Curitiba (PR). A edição de Recife (PE) será a nona e última da série.

Serviço

Evento: Diálogos Capitais em Recife: “Bancos públicos sob ataque: desafios, riscos e perspectivas”
Local: Sindicato dos Bancários de Pernambuco – Avenida Manoel Borba, 564 – Boa Vista. 
Data: 19 de março (terça-feira). 
Horário: 19h às 21h.

 

Compartilhe:
Voltar

LINKS ÚTEIS

Atividades

    Atendimento APCEF

  • apceftocantins@gmail.com
  • APCEF/TO - Associação do Pessoal da Caixa Econômica Federal
  • ALC-SO 55, Conjunto 1, Lote 4 - Rural
  • Palmas /TO
  • TEL: (63) 3215-4068