Jogos da Fenae são encerrados com festa no Pacaembu. DF é tetracampeão

21Jul2018

Após sete dias de intensas disputas, momentos de confraternização e descontração, os Jogos da Fenae 2018 foram encerrados neste sábado (21), em São Paulo (SP) com as finais do futebol Society livre e máster.  O encerramento teve um momento histórico: as disputas finais ocorreram pela primeira vez em um estádio, o Pacaembu. O campo de futebol foi o palco também da premiação do campeão geral da competição. O Distrito Federal levou para a casa o tão cobiçado troféu, obtendo assim o quarto título consecutivo da competição com 649 pontos, em segundo lugar ficou São Paulo com 468 pontos e na terceira colocação a Bahia que alcançou 466 pontos. O ponto alto da cerimônia foi a revoada de 5 mil balões brancos, azuis e laranjas, colorindo o céu em volta do estádio.

Nesta 13ª edição, foram distribuídos 25 trofeus para os campeões de modalidades e 780 medalhas. O encerramento contou com a participação de diretores da Fenae e presidentes das 27 Apcefs de todo o país. Atletas das delegações acompanharam das arquibancadas as partidas de futebol. E o que não faltou foi o incentivo aos jogadores das quatro equipes de futebol, com gritos e muitas palmas. A grande festa do futebol foi comandada pelo mascote dos Jogos da Fenae, o Gongo.

Nas finais deste sábado, os campeões foram definidos nas disputas de pênaltis, após o tempo normal de jogo. No futebol Society livre masculino, o Rio de Janeiro ficou em primeiro lugar e Alagoas levou a prata. Já no Futebol Society Master masculino, o título ficou com o Distrito Federal e o segundo lugar com o Paraná.

Além dos campões do futebol, foram premiadas também as categorias: futsal masculino, voleibol feminino, vôlei de praia masculino e feminino, futebol society livre, master e super master e tênis individual masculino e feminino. No pódio, os atletas fizeram uma grande festa, para comemorar suas conquistas.

O presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, agradeceu nome do diretor da Administração da entidade Cardoso, que coordenou o evento, o apoio de toda a diretoria. “Gostaríamos de agradecer também toda a contribuição de vocês, atletas, dos presidentes de Apcefs, funcionários da Fenae e das Apcefs, para finalizarmos mais essa edição dos jogos com muito sucesso”, destacou. Ele fez um agradecimento também aos patrocinadores do evento, a Caixa Seguradora e Wiz Soluções.

 “Vamos nos próximos dois anos continuar defendendo o bem-estar e os direitos dos empregados da Caixa e principalmente vamos defender a Caixa 100% pública”, conclamou Jair Ferreira.

O diretor de Esportes da Fenae, Carlos Alberto Oliveira (Caco), lembrou que a realização de “evento desse porte foi decorrente de um trabalho de muitos meses de preparação e organização, envolvendo diretores e funcionários da Fenae, fornecedores e pessoal de apoio”.

Interação e disputas

Foram dias de muita dedicação, disputas e integração entre os competidores no maior evento esportivo entre bancários do país. Os Jogos da Fenae deste ano foram marcados pela inovação e por números impressionantes.

“Nossos Jogos tornaram-se um evento grandioso e nossa preocupação é buscar sempre atender melhor possível os atletas. Por isso, buscamos nesta edição além de instalações de qualidade, montar uma estrutura que integrasse os atletas e que eles interagissem com os projetos da Fenae e das Apcefs”, enfatiza o diretor de Administração e Finanças da Fenae, Cardoso.

As competições se concentraram no Centro de Práticas Esportivas da Universidade de São Paulo (CEPEUSP). Além de instalações esportivas adequadas, os quase 2.300 atletas inscritos para esta edição, contaram com uma estrutura especial montada pela Fenae para promover interação e momentos de lazer e relaxamento às delegações.

O Espaço Viva Fenae Viva/Fenae conquistou os atletas. No local, os participantes do evento conheceram os projetos desenvolvidos pela Federação e Apcefs, participar de palestras e oficinas, sorteios de brindes, entre outras ações.

Uma das grandes sensações do evento foi o mascote Gongo, que teve o nome escolhido pelos próprios atletas através de um concurso nas redes sociais da Fenae. O tigre símbolo da competição esteve presente nos locais de provas, posou para selfies e fez a festa de crianças e adultos no Espaço Viva.

Os Jogos da Fenae inovaram também no quesito alimentação, um dos pontos mais elogiados pelos atletas. Uma tenda gigante foi montada no velódromo da CEPEUSP para atender 1,2 mil pessoas simultaneamente durante o horário de almoço. Foram mais de 70 profissionais entre maîtres, garçons, cozinheiros e nutricionistas trabalhando durante os dias de competição das 11h30 às 15h.

 A Federação também pensou em fazer do restaurante um lugar onde os atletas pudessem não só alimentar o corpo, mas também aliviar a pressão das disputas. Todos os dias, o local teve música ao vivo durante as refeições, o que agradou os competidores.

Ao todo 350 pessoas trabalharam na organização e nas equipes de apoio para garantir mais uma vez o sucesso dos Jogos da Fenae.

Redes sociais

Interação também não faltou nas redes sociais, onde os atletas publicaram fotos mostrando seus diferentes momentos nos Jogos da Fenae. Duas promoções movimentaram o Instragram da Federação: a #Instajogos, onde os competidores publicavam fotos o tema do dia e o concurso para escolha do mascote dos jogos. Os atletas vencedores das promoções ganharam prêmios variados.

Tudo o que  aconteceu durante os Jogos da Fenae 2018, você confere nas redes sociais da Federação e em  www.fenae.org.br/jogosdafenae2018.

 

Compartilhe

Instagram

Compartilhe seus melhores momentos com: #JogosdaFenae / @fenaefederacao