Notícias

livros ba 2.jpg

27/06/19 17:11 / Atualizado em 27/06/19 17:15

Projeto sociocultural de Salvador recebe livros do Eu faço Cultura

Instituição atende a 300 pessoas entre idosos e crianças de bairros da capital baiana

Quando o carro da Apcef/BA estacionou, nesta quarta-feira (26), em frente ao local onde é desenvolvido o Projeto Sociocultural Arte Sem Fronteiras (ASF), no bairro de Valéria, em Salvador, crianças e adolescentes com olhos curiosos tentavam entender o que estava acontecendo. A abertura da mala apresentou a surpresa: a entrega de 250 livros paradidáticos para aquela instituição.

O que para alguns é uma surpresa, para a designer de modas e criadora do projeto, Ester Barros, 49 anos, é uma conquista. Ela já tinha até reservado o espaço para colocar os livros. A falta de recurso para manter as ações que desenvolve há 10 anos impulsionou a inscrição no Programa Eu Faço Cultura, que possibilitou a participação da entidade no Projeto Biblioteca Renovada - realizado pela Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae), através das doações dos empregados Caixa, que fazem a destinação do imposto de renda por meio da Lei Rouanet.

 

"Minha palavra de hoje é gratidão, porque tudo isso é um presente para a gente! Como não temos recursos, qualquer coisa que chega é muito bom, mas, neste caso, não é qualquer coisa, são livros de qualidade. Vai complementar ainda mais nossas atividades", disse ela. A entrega dos exemplares foi realizada pelo vice-presidente da APCEF/BA, John Ralph e pela diretora de sede, Jeane Guerra. "Num país com tantas desigualdades ver que podemos ajudar pessoas através do incentivo à leitura, em especial crianças e adolescentes, é algo que não tem preço. A gente até se emociona, pois sabe que aqui está o futuro do nosso país", afirmou John.

Durante a entrega, os jovens abriram as caixas dos livros e escolhiam os que achavam interessante. Com títulos de autores como Monteiro Lobato, Clarice Lispector e Carlos Drummond, por exemplo, o vislumbre com as cores e letras só reforçou ainda mais que a pouca leitura é, na verdade, resultado da falta de incentivo.

 

Conheça o projeto

O Projeto Sociocultural Arte Sem Fronteiras desenvolve atividades que misturam artesanato, costura, moda, atividade física e esportes para crianças, adolescentes, jovens, mulheres e idosos. Dentro do projeto são desenvolvidas diversas ações integradas, como o Judô Social, Mulheres Criativas em Ação e a Creche da Melhor Idade. Além do bairro de Valéria, a associação tem polos nos bairros de Monte Serrat, São Caetano e Águas Claras. No total, 300 pessoas são beneficiadas pelo projeto de crianças a idosos.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado