Notícias

MNLM 600X400.jpg

04 Outubro 2017 - 08:47

Presidente da Fenae participa de plenária do Movimento Nacional de Luta pela Moradia

Jair Ferreira vai falar, nesta quinta-feira, sobre a importância dos bancos públicos para o desenvolvimento do Brasil

O Movimento Nacional de Luta pela Moradia (MNLM) realiza a partir desta quarta-feira (4), na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Agricultura (Contag), em Brasília, plenária nacional, que tem por objetivo debater entre outros temas conjuntura nacional, avanços e retrocessos na política urbana e organização do movimento. O evento, que se estende até sexta-feira, tem apoio da Fenae e de outras entidades da sociedade civil organizada.

O MNLM foi criado em julho de 1990, no I Encontro Nacional dos Movimentos de Moradia, com representação de 14 estados. Desde então, tem atuado em defesa de moradia digna para famílias carentes de todo o país e por reforma urbana que, na avaliação do movimento, não compreende apenas a questão da casa própria, mas a implantação de políticas públicas nas áreas de educação, saúde, trabalho, mobilidade, entre outros.

Conforme o coordenador nacional do MNLM, Miguel Lobato, além de capacitar seus dirigentes, o seminário irá propor medidas para tornar o país melhor, onde toda a população possa ter seus direitos sociais garantidos e não apenas uma minoria. O evento, para ele, leva em consideração a conjuntura atual de abandono do Poder Público frente à Reforma Urbana e aos projetos habitacionais, bem como a criminalização dos movimentos populares.

Lobato cita, ainda, perdas em relação ao Programa Minha Casa Minha Vida, mais especificamente da Faixa 1, ou seja, dos projetos para atendimento das faixas de menor renda que sobrevivem da forte rede de proteção social construída ao longo de décadas de luta popular. Desde maio de 2016, foi paralisada a contratação da Faixa 1 do programa. “Queremos debater a conjuntura atual, por que tivemos muitas perdas. O Minha Casa Minha Vida é uma delas, mesmo que tenha beneficiado milhões de pessoas”, lembra.

A abertura da plenária acontece nesta quarta-feira, às 15h, em seguida haverá debate sobre conjuntura nacional. O presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, participará de painel na quinta-feira (5), a partir das 10h30, sobre “ A importância dos bancos públicos para o Desenvolvimento do Brasil”.

“Nós vivemos um cenário adverso, em que o governo está reduzindo as operações de crédito habitacional e isso reflete diretamente na política de financiamento para a população de baixa renda, onde o déficit habitacional é maior”, explica Jair Ferreira. E acrescenta: “ A Fenae está solidária a luta dos movimentos por moradia, que vai de encontro com a luta da Fenae e das demais entidades representativas dos empregados da Caixa em defesa da manutenção do banco 100% público e que continue financiando a habitação e outras políticas públicas importantes para as camadas mais pobres”.

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado