Notícias

OUTUBRO ROSA-600x400-2019.jpg

02/10/19 15:58 / Atualizado em 03/10/19 14:48

minuto(s) de leitura.

Outubro Rosa: “A prevenção está em suas mãos. Toque-se”

O alerta da Fenae visa contribuir com a campanha de prevenção ao câncer de mama. Por ano, são diagnosticados 60 mil novos casos da doença no país

Reforçar a importância da prevenção precoce e do fortalecimento da rede de apoio a mulheres com câncer de mama são os principais focos da campanha Outubro Rosa 2019.   Para isso, durante todo este mês, entidades da sociedade civil organizada e governamentais realizarão atividades educativas e de conscientização em todo o país, visando alertar as mulheres e a sociedade em geral. A Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa (Fenae) soma-se a essa corrente, chamando atenção dos cuidados que as mulheres podem tomar para prevenir a doença. “A prevenção está em suas mãos. Toque-se”, alerta a entidade.

Apesar das constantes campanhas de conscientização, os números relativos ao câncer de mama são preocupantes no Brasil.  Por ano, são diagnosticados 60 mil novos casos de câncer de mama – 60% em fase avançada ou em metástase, que é quando o câncer se espalha.

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. As mulheres com mais de 50 anos são as mais propensas a desenvolver este tipo de câncer, cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem a partir desta faixa etária. Mas, este quadro tem mudado, com aumento na incidência da doença em mulheres jovens na última década. Em mulheres com menos de 35 anos, a incidência no Brasil hoje está entre 4% e 5% dos casos. 

Segundo os especialistas, o câncer de mama não tem uma única causa. Vários fatores podem aumentar o risco do surgimento da doença, como questões endócrinas, fatores hereditários e genéticos, história reprodutiva, dentre outros.

Durante o autoexame, é possível verificar se há indício de alguns dos sintomas, como presença de caroço (nódulo) fixo, endurecido e, geralmente, indolor; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo); e pequenos nódulos localizados embaixo dos braços (axilas) ou no pescoço. 

O diagnóstico precoce do câncer de mama aumenta a sobrevida das mulheres em comparação com o diagnóstico de tumores em fase avançada. A periodicidade para realização da mamografia, principal exame para diagnosticar o tumor em fase inicial, varia de acordo com a idade, o quadro clínico e histórico familiar. A mamografia é recomendada a cada dois anos em mulheres na faixa etária de 50 a 69 anos. O rastreamento em mulheres com história de câncer na família – o considerado grupo de risco – deve ser feito a partir dos 35 anos de idade.

 Outubro Rosa

A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade. Além das atividades educativas, destaca-se a iluminação de prédios públicos com a tonalidade que marca a mobilização.

 

 

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado