Notícias

ReuniãoMoacirGovernoMA-600x400

09 Novembro 2018 - 07:58

Movimento Solidário: Fenae debate ações em Belágua com Governo do Maranhão

Nesta quinta-feira (8), o diretor Sociocultural da Federação, Moacir Carneiro, foi recebido pelo secretário de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves. Na ocasião, o representante do governo estadual reafirmou apoio ao Movimento Solidário

Em reunião realizada nesta quinta-feira (8), com o secretário de Direitos Humanos e Participação Popular do Maranhão e coordenador do programa estadual Mais IDH, Francisco Gonçalves, o diretor Sociocultural da Fenae, Moacir Carneiro, fez um balanço das principais ações desenvolvidas pelo Movimento Solidário na cidade de Belágua e os avanços significativos obtidos até agora.

O programa de Responsabilidade Social e Empresarial da Fenae e das Apcefs atua desde 2015 no município maranhense, localizado a 280 Km de São Luís. Na oportunidade, Moacir entregou um book que traz um histórico do Movimento Solidário. Foi exibido também um vídeo sobre o programa que, além de  buscar soluções de desenvolvimento sustentável para as cidades social e economicamente excluídas, apoia o Lar Nossa Senhora das Graças, em Petrópolis (RJ), instituição que abriga crianças e adolescentes em situação de risco.

O diretor Sociocultural da Fenae ressaltou de como é possível através de iniciativas que utilizam os recursos das próprias comunidades mudar a realidade das famílias carentes de Belágua. Citou como exemplo o projeto de produção de mel de abelhas sem ferrão. “Inicialmente, na comunidade de Preazinho foram produzidos 80 litros de mel e estamos inaugurando neste final de semana a segunda etapa. Trata-se de um projeto sustentável ambientalmente”, explicou Moacir Carneiro.

Moacir Carneiro disse a Francisco Gonçalves que o apoio das representações do Governo do Maranhão tem sido importante para articular as ações em Belágua. “Tudo o que foi feito até agora só foi possível graças a esta rede de parceiros e as doações dos empregados da Caixa de tod o país", lembrou.

O secretário de Direitos Humanos e Participação Popular  também destacou a importância do Movimento Solidário e reafirmou o apoio à parceria com a Fenae. Durante o encontro foram debatidos temas como assistência técnica nos projetos de geração de renda e ações de saúde nas comunidades.

Participaram também da reunião assessores do secretário Francisco Gonçalves e a analista de Responsabilidade Social da Fenae, Denise Alencar.

Inaugurações

Serão inaugurados neste sábado (10), em Belágua, uma casa de farinha na comunidade Jabuti, dois tanques de peixe em Juçaral e São Domingos, e a segunda etapa do projeto de produção de mel de abelha sem ferrão na comunidade Preazinho.

Em três anos do Movimento Solidário no município maranhense, cerca de 200 famílias das 14 comunidades adotadas foram beneficiadas com ações de saúde, distribuição de kits escolares e óculos, capacitação técnica e instalação de projetos de geração de renda, entre outros. “São quase 1.200 pessoas contempladas, o que reforça que estamos no caminho certo”, comemora Sérgio Takemoto, vice-presidente da Fenae.

Foram implantados poços artesianos, projetos de piscicultura, galpões para a criação de galinhas caipiras, aviários para codornas e hortas comunitárias por meio de cadeias produtivas. Atualmente, as comunidades estão gerenciando essas criações e colhendo os frutos do trabalho conjunto.

 

selecione o melhor resultado