Notícias

mexeu600 08.07.jpeg

23/07/20 18:32 / Atualizado em 23/07/20 18:42

minuto(s) de leitura.

Hoje é Dia Nacional de Luta em defesa da Caixa com mobilização nas redes sociais

Ação nas redes sociais mobiliza empregados e sociedade em defesa do banco público e chega aos assuntos mais comentados no Twiiter no Brasil

Nesta quinta-feira (23), as redes sociais estão sendo tomadas pela mobilização dos empregados Caixa contra a privatização do banco e o desrespeito da direção com os trabalhadores durante a pandemia. Com a hashtag #MexeuComACaixaMexeuComOBrasil, a iniciativa chama a atenção da sociedade para a importância do banco público para os brasileiros. Além do Twitter, a hashtag deve ser utilizada no Facebook, Instagram e demais redes sociais.

Neste Dia Nacional de Luta em Defesa da Caixa, tem sido feito o alerta para os reais interesses do governo em privatizar o banco, que definitivamente não são para melhorar a vida da população. Até o início desta tarde, apenas no Twitter, a campanha obteve o engajamento de mais de cinco mil internautas e ficou nos trend topics (assuntos mais comentados no microblog) no Brasil. A ação prossegue ao longo de toda quinta-feira. 

Sérgio Takemoto, presidente da Federação Nacional das Associações do Pessoal da Caixa Econômica Federal (Fenae), ressalta que o propósito da campanha é mostrar para as pessoas a importância de manter a Caixa 100% pública para a manutenção dos programas sociais, indispensáveis para a população mais pobre.

"O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, já anunciaram a venda de áreas estratégicas do banco. Não vamos nos deixar enganar – a privatização da Caixa já está começando”, alerta Takemoto.

Nesse contexto privatista, o dirigente da Fenae lembra a solicitação feita para que o pagamento do auxílio emergencial não ficasse centralizado na Caixa. A medida teria evitado filas e aglomerações que puseram em risco de contaminação os empregados e a população. 

“Mas nenhum banco privado participou. Qual é o interesse deles em atender os pobres? É a Caixa, enquanto banco público, que socorre a população e o País em tempo de crise, mantendo os programas sociais, emprestando dinheiro para as micro e pequenas empresas, fazendo a roda da economia voltar a girar. Se virar banco privado, acaba o papel social do banco. O interesse será apenas o lucro”, provoca.

O coordenador da Comissão Executiva de Empregados da Caixa (CEE/Caixa), Dionísio Reis, complementa que a proposta da campanha é pressionar a direção do banco e o governo federal a respeitar a Caixa e os direitos dos empregados. "Além de alertar a sociedade sobre a importância do banco público e os desrespeitos que os seus trabalhadores vêm enfrentando mais acentuadamente desde o golpe de 2016”, ressaltou. 

Participe! 23 de julho/ Dia de Luta nas redes sociais 

Mobilize colegas, familiares e amigos para participarem desta ação em defesa dos trabalhadores e da Caixa 100% pública. Use a hashtag #MexeuComACaixaMexeuComOBrasil nas publicações no Twitter, Facebook, Instagram e demais redes. Participe! Defenda a Caixa, defenda o Brasil.

 

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado