Notícias

Cartaz_a3_NovaLinha_op3_b.jpg

23 Novembro 2018 - 09:16

Materiais da campanha “Não tem sentido” são enviados para unidades da Caixa

Cartazes e preguinhas serão usados para ampliar a divulgação da ação em defesa da Caixa. Empregados podem participar divulgando fotos nas redes sociais com cartaz com motes da campanha

Até o final desta semana agências da Caixa Econômica Federal de todo o país receberão materiais de divulgação da campanha “Não tem sentido”, lançada em outubro pela Fenae, com apoio das Apcefs e outras entidades representativas dos empregados do banco público. Foram enviados às unidades praguinhas com os motes da campanha e dois cartazes: um para ser exposto nos locais de trabalho e o outro para os trabalhadores tirarem fotos e postar nas redes sociais com a hashtag #NãoTemSentido.

“Os planos do atual e do novo governo são para enfraquecer e fatiar a Caixa. Provas disso são o leilão da Lotex, o projeto para pulverizar a gestão do FGTS, Diretorias e Vice-Presidentes ocupadas por pessoas do mercado, a falácia de que o banco é um ‘cabide de empregos’, a previsão de um novo plano de demissão e aposentadoria ainda este ano. Mas assim como fizemos diante de todas as ameaças ao longo dos anos, faremos novamente. Não vamos aceitar a diminuição da Caixa”, diz o presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira.

O material enviado às unidades da Caixa também será utilizado em dias de luta que estão sendo debatidos pelo Comando Nacional dos Bancários. A informação deve ser divulgada em breve.

O objetivo da campanha “Não tem sentido” é mobilizar empregados e sociedade em geral, mostrando que o banco precisa continuar 100% público, forte, social e a serviço dos brasileiros. Pelo site www.naotemsentido.com.br, é possível enviar vídeos ou escrever depoimentos apoiando a iniciativa. Um manifesto foi divulgado no lançamento da campanha.

No site já estão publicadas gravações de personalidades e dirigentes do movimento dos trabalhadores, entre eles Jessé de Souza, Luiz Gonzaga Belluzzo, Emir Sader, Gilberto Bercovici, Esther Dweck, Jair Pedro Ferreira, Sérgio Takemoto (vice-presidente da Federação) e Juvandia Moreira (presidente da Contraf-CUT).

Participe também você da campanha!

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado