Notícias

Margem-consignavel-600x400.png

01/06/20 19:43 / Atualizado em 01/06/20 19:48

minuto(s) de leitura.

Funcef, devolva minha margem consignável!

Participantes aguardam o pronto reestabelecimento do limite de crédito do Credplan

Restringido desde o dezembro, quando o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) avisou das mudanças no convênio INSS/CAIXA/ FUNCEF, os participantes aguardam que a fundação reestabeleça a margem consignável do CredPlan.

A diminuição da margem consignável, que é o valor máximo da renda que pode ser comprometido em um empréstimo consignado, foi diminuída em cerca de 50% em decorrência do fim da antecipação do pagamento no INSS e deixou a grande maioria dos aposentados e pensionistas sem crédito.

“O fato é que o convênio nunca se encerrou. A Previ negociou com o INSS, o que beneficiou todos os fundos de pensão, e o convênio foi prorrogado. Apesar disso a Funcef não reverteu o corte da margem consignável. Agora que temos a decisão favorável na Câmara dos Deputados não há desculpas para não aliviar a vida dos participantes,” comenta a Diretora de Saúde e Previdência da Fenae, Fabiana Matheus. 

Fabiana se refere à aprovação, na última quinta-feira (28), da manutenção do convênio do INSS com os fundos de pensão, em votação virtual na Câmara dos Deputados.

Desde janeiro, a Fenae cobra uma solução para a questão, que é fonte de stress para os participantes, mas a Funcef responde com silêncio.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado