Notícias

Jair dino.JPG

05 Fevereiro 2019 - 16:01

Fenae e governo do Maranhão estudam ampliar ações do Movimento Solidário

Diante dos bons resultados em Belágua, a ideia é atender a mais um município do estado

 A diretoria da Fenae avaliará solicitação do governo do Maranhão para estender ações do Movimento Solidário a mais um município maranhense. A solicitação foi feita na segunda-feira (4) durante reunião entre o presidente da Federação, Jair Pedro Ferreira, e o Governador do Maranhão, Flávio Dino.  Participaram também do encontro o secretário de Direitos Humanos e Participação Popular (SEDIHPOP), Francisco Gonçalves, e o adjunto da pasta, Bruno Lacerda; a vice-presidente da Apcef/MA, Giselle Menezes, a assessora da Diretoria da Fenae, Sandra Flosi; e a analista de Responsabilidade Social, Denise Alencar. 

Na ocasião, o governador Flávio Dino reiterou a importância de ações conjuntas para o desenvolvimento do Estado, destacando o êxito do Movimento Solidário no combate à extrema pobreza e na promoção do desenvolvimento econômico e social em Belágua, município adotado em 2015 pelo Programa de Responsabilidade Social da Fenae.

O governo do Maranhão sugeriu dois municípios para receber as ações do Movimento Solidário: Santo Amaro do Maranhão ou Fernando Falcão. A inclusão ou não de um dos dois municípios se dará após análise de condicionantes relativas ao formato do programa de responsabilidade social da Fenae, que conta com o apoio da Wiz e da Integra Participações. Serão ponderados diversos aspectos, entre carências, potencialidades, as condições de desenvolvimento, distância geográfica, entre outros.

"A solicitação do governo do Maranhão para estender o projeto Movimento Solidário para outro município é muito bem recebida por nós, pois demonstra que o trabalho feito nesses quase quatro anos está gerando resultados positivos para o desenvolvimento da população. A proposta será discutida com a diretoria da Fenae, que é responsável por elaborar e estabelecer estratégias do projeto", declarou o presidente da Fenae, Jair Ferreira.

O secretário da Participação Popular, Francisco Gonçalves, frisou que o resultado da parceria celebrada entre o Governo do Maranhão e a Fenae “é a prova de que o enfrentamento à extrema pobreza é possível e ainda mais eficaz quando envolve outros atores além do estado.”

Durante o encontro, os representantes da Fenae destacaram a importância da parceria com o Estado para a efetivação da proposta de voluntariado como um complemento às políticas já desenvolvidas pelo governo nos municípios.

“A superação da desigualdade social no Maranhão exige um esforço complexo e coletivo. Por isso, parcerias como a que temos com a Fenae são de grande importância. Através do Plano Mais IDH e do Movimento Solidário, realizamos uma série de ações no município de Belágua, o que impactou positivamente a qualidade de vida da população do município”, acrescentou o secretário adjunto, Bruno Lacerda.

A diretora da Fenae e vice-presidente da APCEF/MA, Giselle Menezes, que também esteve na reunião, irá conversar com as representações do estado e encaminhar subsídios para os estudos dos projetos.

O Movimento Solidário atua no município de Belágua desde julho de 2015 e desde então vem implantando projetos estratégicos de geração de renda, como a produção de mel de abelhas sem ferrão, a criação de hortas comunitárias e a implantação de tanques de peixes.
 

 

 

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado