Notícias

Consulta Nacional 2019.jpg

03/04/19 17:15 / Atualizado em 03/04/19 17:42

Consulta Nacional 2019: bancários vão opinar sobre a reforma da Previdência

O formulário da pesquisa, que ocorre anualmente, pode ser acessado no site da Contraf-CUT. O material também será enviado por email para os sindicatos e federações

A Consulta Nacional, que a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT) realiza anualmente com a categoria bancária, em 2019 terá como foco central a defesa da Previdência. A entidade também vai levantar informações sobre outros temas que afetam os bancários.

 A realização da pesquisa faz parte do calendário nacional de atividades definido pelo Comando Nacional dos Bancários no início do ano contra as medidas que visam a retirada de direitos, como a reforma da previdência social, e de mobilização em defesa dos bancos públicos. 

O formulário já está disponível no site da Contraf-CUT com acesso exclusivo às entidades filiadas. Também será enviado por e-mail a todos sindicatos e federações que fazem parte do Comando Nacional dos Bancários. O objetivo desta pesquisa é envolver todos os bancários, para retratar com maior precisão a posição dos trabalhadores sobre os temas tratados. 

O levantamento será realizado nos meses de abril e maio e a sistematização dos dados devem ocorrer até o início de junho. O resultado será divulgado durante a Conferência Nacional dos Bancários, que vai ocorrer de 2 a 4 de agosto, em São Paulo.

Reforma da Previdência

A proposta de reforma da Previdência Social, que tramita na Câmara dos Deputados, representa a retirada de direitos, a precarização das condições de vida de milhões de brasileiros e a entrega de toda a perspectiva de futuro dos trabalhadores nas mãos dos banqueiros. 

Por isso, a Consulta Nacional 2019 buscará obter a opinião da categoria bancária sobre a importância do modelo de Previdência Social e o nível de envolvimento dos trabalhadores com a defesa do sistema em vigor. A ideia é que os bancários possam contribuir com a mobilização contra o projeto do governo Bolsonaro.

Acesse as redes da Fenae:

Acesse e conheça as vantagens de ser um associado

Veja também
Nenhum registro foi encontrado.

selecione o melhor resultado