Notícias

DiadoAposentadonasApcefs2019-600x400

31 Janeiro 2019 - 11:46

Aposentados são os convidados especiais neste fim de semana nas Apcefs

Junto com as celebrações para a melhoria da qualidade de vida, representantes da Fenae e de APCEFs convocam esse público especial para combater a retirada de direitos

Os empregados da Caixa aposentados são os convidados especiais nas celebrações das Apcefs no finalzinho desta semana. As unidades e clubes das associações passaram todo o mês de janeiro promovendo ações para saudar o Dia dos Aposentados (24/1) e chama-los para combater os ataques aos direitos dos aposentados.

Neste sábado (2), as comemorações serão realizadas na APCEF/AP, às 11h, APCEF/CE, às 8h, e na sede da APCEF/PA, das 11h às 17h. No domingo da próxima semana (10/2), as atividades ocorrerão no Espaço Hakka na capital paulista, promovidas pela APCEF/SP. As Apcefs de MG e TO também preparam suas comemorações para o decorrer de fevereiro.

Confira a agenda completa do Dia do Aposentado nas Apcefs.

Na semana passada, 14 Apcefs realizaram ações em congraçamento aos colegas de banco, como ocorre há dez anos – desde que a Fenae e as 27 associações escolheram janeiro para comemorar com quem ajudou a construir o banco.

“Receber esses aposentados aqui anualmente (APCEF/DF) é comemorar a nossa vitória, é comemorar a nossa trajetória profissional. É lembrar com piadas, com sofrimentos e notadamente, muitas das vezes as madrugadas que passamos sem as otimizações que nós temos hoje”, afirma a diretora de Assuntos de Aposentados e Pensionistas da Federação, Marlene Dias.

Além das homenagens, a festa em Brasília marcou um dia de mobilização para combater os ataques aos direitos dos aposentados. Fabiana Matheus, diretora de Saúde e Previdência da Fenae, ressaltou a importância da união dos aposentados nessa luta. “Precisamos estar mobilizados para pressionar os parlamentares para votar medidas como o PDC 956 que busca garantir o Saúde Caixa. E agora, mais que nunca, combater a CGPAR 25, que prejudica a aposentadoria”, afirma Fabiana Matheus.

O presidente da Fenae, Jair Pedro Ferreira, cita dois trechos da Carta aos Aposentados, enviada pela Fenae aos seus associados, para dar o seu recado: “a aposentadoria deve ser encarada como período de dedicação exclusiva para realização de sonhos e vida pessoal” e “ hora de continuar ativo na luta contra a retirada de direitos do trabalhador brasileiro”.

Moacir Carneiro, diretor Sociocultural da Fenae, fez um bate e volta nas Apcefs da Bahia, Pernambuco e Piauí. Ele frisa: “A política brasileira passa por um período turbulento e por isso mesmo merece maior empenho dos trabalhadores e dos aposentados na participação das entidades de luta coletivas”.

Minha aposentadoria, eu defendo

A luta contra a CGPAR 25 deu luz à mais nova campanha da Fenae, com o envolvimento da Contraf-CUT, Fenacef, Fenag, Advocef, Aneac, Social Caixa e Anacef: “ Minha aposentadoria, eu defendo”. A resolução publicada em dezembro de 2018, no apagar das luzes, compromete os fundos de pensão, à medida que obriga as estatais federais patrocinadoras de planos de benefício façam, a cada dois anos, uma avaliação da economicidade de manutenção do patrocínio dos planos de benefícios nas entidades que os administram. O que pode culminar na terceirização da gestão para outras entidades financeiras.

Além disso, a CGPAR recomenda o fim dos planos de Benefício Definido, como o REG/ Replan Não Saldado da Funcef, e obriga os fundos de pensão a apresentarem proposta de alteração dos regulamentos em até 12 meses. As especificações de percentuais de contribuição para custeio dos planos de benefício também devem ser retiradas dos regulamentos, entre outras diretrizes.

O quarto voto

Para a Caixa efetivar a CGPAR 25, é preciso alterar os regulamentos dos planos. De acordo com o estatuto da Funcef, são necessários quatro votos no Conselho Deliberativo para aprovação de alterações regulamentares. Diferentemente do que acontece em outros fundos com patrocínio de empresas estatais, nesse caso não é permitido o voto de Minerva (recurso de desempate pelo voto do presidente), conquista importante do participante, vigente desde 2007.

 

 

selecione o melhor resultado